Quem somos

quem somos

Olá! Antes de tudo, vamos nos apresentar.Eu me chamo Juliane, mas podem me chamar de Juli. Desde bem pequena comecei a viajar. Com 1 aninho já estava no Rio de Janeiro com minha mãe, minha companheira de viagens por muito tempo. Todos os anos ela programava nossas férias e foi assim que peguei o gosto pela coisa. As lembranças que tenho desta época são fantásticas! Desde um final de semana em Pinhal (praia do Rio Grande do Sul), na casa dos tios, até nossa semana inteira em Buenos Aires, onde visitamos a terra dos já tão conhecidos “hermanos”, presentes em todos os verões em Balneário Camboriú, onde iniciava minhas férias.

O gosto pela  aventura veio com um irmão de minha mãe, que volta e meia juntava os filhos e sobrinhos para acampar ou realizar uma grande façanha. Como descer a Cascata do Caracol (em Canela, RS) pela trilha, hoje fechada. Inesquecível!!

Aos 13 anos fiz minha primeira viagem aérea sozinha. E não parei mais.

Quando conheci o VladsonVlad para os íntimos, descobri que ele também adorava colocar o pé na estrada. E já começamos na nossa lua-de-mel. Pegamos o carro e fomos indo, indo…duas semanas na estrada.

Nesta época ele já tinha a Aninha, que embarcou conosco em alguns passeios. Mas ainda não fazíamos grandes aventuras. Foi quando a Luisa (com S e sem acento!), mais conhecida como Lulu, chegou em nossa família, que expandimos nossos horizontes de viagens com crianças. Antes dela, a Elisa, que também atende por Lila, já tomava gosto pela estrada. Ou pelos ares. Com 1 ano foi passar uma temporada com o vovô em Niterói. Foi seu primeiro voo. A Lulu já foi mais precoce, pois com 2 meses já aterrissava em solo paulista. Mas nossa ousadia (ou loucura, para muitos) teve seu ápice com a Maísa, a Mai. Aos 4 meses atravessou o oceano para ficar 14 dias em Paris.

E assim, de viagem em viagem, vamos construindo nossa história. O fim de uma aventura é apenas o início de outra.

IMG_2413

Seja um dia de folga passeando de carro por cidades vizinhas à nossa, seja do outro lado do mundo. Não importa. O que importa é sair, conhecer, compartilhar, aprender, viver experiências novas que serão nossas para sempre. Novas pessoas, novas culturas, novas vivências.

Para muitos somos malucos, irresponsáveis, sei lá mais o que pensam de nós. Nem me importa. Pintou uma grana, vamos lá! Tem gente que acha que devemos investir em carros, reformas na casa, bens materiais. Sinceramente, não são nossas prioridades. Temos tudo o que precisamos para levar uma vida confortável.  Também sabemos que se não viajássemos tanto poderíamos dar mais mimos para as meninas. Mas damos algo muito maior.

Todas estas coisas um dia vão embora. Mas o que elas viveram ficará com elas para sempre. Isto é o que importa para nós. Esta é a herança que queremos deixar para elas. E esperamos que elas continuem com este espírito aventureiro. Que aquele bichinho que fica coçando até que se coloque a mochila nas costas rumo a um novo destino as pique e entre no DNA de cada uma delas.

Para que elas tenham uma recordação de todas as viagens que fizeram é que criamos este blog.

Também para incentivar outros pais, que ainda estão na dúvida se devem ou não se aventurar com seus pequenos. Vejam, temos 3 crianças e isto não é desculpa para deixarmos de aproveitar o que a vida nos oferece. Se nós podemos, outros pais também podem. Queremos dar dicas de viagens de baixo custo, porque é assim que fazemos. Não é preciso gastar rios de dinheiro para curtir com a família. Todas as dicas que vamos postar aqui são baseadas na nossa experiência e o que é bom para nós pode não ser para outras famílias. Muitas vezes erramos, vamos lá e tentamos de novo. Assim é a vida, feita de erros e acertos. E aqui quero dividir com vocês nossos erros e acertos. Filtrem e usem o que se encaixa com sua família e seu jeito de viver.

Nossa apresentação não estaria completa sem dizer que fazemos parte de uma grande família e que seguimos à um Deus poderoso, o qual nos abençoou com o amor de nosso Senhor, Jesus Cristo.
No mais, que sejam todos muito bem-vindos e espero que curtam nossas “viagens”!

Juli

Obs.: Muitas imagens do blog são de nosso arquivo pessoal. Eventualmente podemos utilizar fotos que não são nossas. Caso encontre alguma foto de sua autoria, informe-nos, para que possamos dar os devidos créditos